Responsabilidade
Sócio-Ambiental

Por meio de projetos de responsabilidade sócioambiental, o Colégio Piaget valoriza o aprendizado além da sala de aula, propiciando ao aluno a expressão de seus potenciais e consolidando seu papel proativo na transformação de seu meio.

O Projeto “Unidos pelo Bem” envolve atividades em que os alunos atuam em diferentes áreas, entretanto todos estão integrados na mesma visão: juntar pessoas em busca do bem coletivo, bem do outro e bem do mundo.

Com os projetos de responsabilidade social que desenvolvemos, pretendemos fazer com que os alunos percebam a importância da solidariedade e respeito aos menos favorecidos.

Através de diagnósticos e ações práticas de solução para problemas da comunidade onde o Colégio está situado, procuramos estimular os estudantes a participarem ativamente dos projetos da escola, incentivando a prática da cidadania, a formação ética e a consciência ecológica, preparando-os para a vida do País, através de aprendizagem obtida na convivência com as diferenças sociais da comunidade e, com a soma de nossos esforços, podemos plantar uma semente no coração das pessoas próximas a cada um de nós.

Instituições atendidas

O Sefras – Serviço Franciscano de Solidariedade – é uma rede de serviços e projetos sociais coordenados pelos frades da Província Franciscana da Imaculada Conceição, presente em cinco estados do Sul e Sudeste do Brasil (Santa Catarina, Paraná, Espírito Santo, Rio de Janeiro e São Paulo).

O Serviço de Solidariedade se fundamenta nos direitos humanos e ecológicos, a partir dos princípios cristãos e franciscanos, com o objetivo de contribuir para superação da desigualdade social.

Quem se interessar poderá contribuir de várias maneiras:

– Como voluntários nos serviços

– Como benfeitor financeiro

– Com doação de móveis, roupas e eletrodomésticos usados e alimentos

Conheça melhor os projetos no site: www.sefras.org.br

Entre em contato e conheça essa proposta de desenvolvimento social:

Sede – Sefras
Rua Alexandrino Pedroso, s/n – Pari – São Paulo – SP
Tel: (11) 3291-4433
sefras@sefras.org.br

Fundada em 2006, atende atualmente, 7 crianças com idades entre 4 e 13 anos. A Casa Abrigo conta com doações de alimentos, medicamentos, roupas, calçados, materiais de higiene e limpeza, brinquedos, além do carinho de quem visita os que lá residem. As crianças atendidas são acompanhadas pelas responsáveis Adriana e Elaine.

Endereço: Rua Orense, 93 – Imirim – Telefone: 2236 711

Fundada em 1976, atende crianças e adolescentes de 1 ano até 18 anos, (incluindo uma assistida especial de 26 anos que hoje reside e trabalha na Casa). Eles são encaminhados para lá através do Conselho Tutelar, Fóruns da capital e Fundação Casa. As crianças e adolescentes abrigados permanecem na Casa até que suas famílias sejam reestruturadas para que possam retornar, porém havendo a impossibilidade de retorno, são encaminhadas para “famílias substitutas” (adoção). Com o acompanhamento do Sr. Pedro Dias da Silva – Diretor Presidente e da Sra. Elizabeth Rosalva Vella – Diretora Assistencial, a Casa da Criança Irmã Ângela conta com a ajuda da comunidade através de doações, bazares e campanhas.

Endereço: Rua Dona Elfrida, 571 – Chora Menino. Telefone: 2977 0801

Fundado em 1999, atende em suas 3 unidades: Horto Florestal, Imirim e Santa Terezinha  mais de 70 crianças, adolescentes e jovens com necessidades especiais, vítimas de maus tratos ou em  situação de risco social. As crianças, adolescentes e jovens atendidos pelo C.O.T.I.C. são totalmente dependentes e necessitam de acompanhamento de uma equipe de enfermagem 24h por dia, além de muito amor e carinho.

Visite o site: www.cotic.com.br e conheça um pouco mais de sua história.

Endereços:
Unidade I – Rua do Horto, 805 – Horto Florestal. Telefone: 2262 7240
Unidade II – Rua Claudio Rodrigues Lopes, 224 – Imirim. Telefone: 2236 5116
Unidade III – Rua Luiz Antonio dos Santos, 432 – Santa Terezinha. Telefone: 2236 5516

Foi idealizada e fundada em 1998, pelo casal Vanuza Velasco e Regy Velasco. Vanuza e Regy realizaram seu sonho em amparar os necessitados, com a ajuda de amigos da Paróquia Santíssima Trindade e, desde então, coordenam todas as atividades e projetos assistenciais prestados há várias famílias, como: arrecadação de alimentos e doação de cestas básicas; aulas de dança, música e teatro; grupos de evangelização e acolhida; palestras; acompanhamentos individuais e familiares; inclusão social, entre outros. Conheça um pouco mais sobre essa belíssima história de amor, solidariedade e doação através do site: www.anjosdavida.org.br

Endereço: Rua Aburá, 585 – Imirim. Telefone: 2208 8946

Projeto Unidos Pelo Bem

Difundimos e cultivamos valores e atitudes como:

  • solidariedade – cooperação mútua entre duas ou mais pessoas;
  • altruísmo- preocupação com a felicidade e o bem-estar alheio;
  • responsabilidade- dever ou capacidade de responder pelos atos próprios ou de outros;
  • consciência – atributo pelo qual o homem pode conhecer e julgar sua própria realidade;
  • iniciativa – qualidade de saber agir.

Percebemos os resultados através da participação crescente dos envolvidos, do comprometimento e disposição dos alunos em buscar novas maneiras de integrar-se ao projeto. Acreditamos que essas iniciativas, além de beneficiarem ao próximo e ao mundo, agregam muito à formação integral de nossos alunos, pois eles vivenciam experiências que os transformam em seres humanos mais maduros e atuantes na sociedade.

O Projeto Unidos pelo Bem integra projetos de responsabilidade sócio-ambiental que despertam noções de cidadania, sustentabilidade e, acima de tudo, respeito.

Projeto Convivendo

Em busca do Bem do próximo e do Mundo

Iniciado em 2005, o Projeto Convivendo, envolve alunos voluntários com atividades de reforço escolar e de recreação, aplicadas em visitas periódicas às crianças atendidas em dois orfanatos da região, sendo eles: Casa de Amparo ao Pequeno São João Batista e Casa da Criança Irmã Ângela.

Com o passar dos anos, ampliamos o trabalho em outras instituições, entre elas: Casa Abrigo Estrelas do Amanhã e COTIC – Centro Organizado de Tratamento Intensivo à Criança.

Os alunos engajados ao Projeto, além do carinho e atenção que essas crianças e adolescentes tanto necessitam, desenvolvem atividades lúdicas e recreativas, promovem campanhas de doações de alimentos, roupas, brinquedos, latas de leite, monitores de computador, produtos de higiene, Festas Juninas e também participam de Festas Natalinas em algumas das instituições.

Distribuição de bombons na Páscoa ( Projeto Por uma Páscoa mais Doce )
Distribuição de bombons na Páscoa ( Projeto Por uma Páscoa mais Doce )
Projeto Trânsito Consciente
Projeto Trânsito Consciente

Conheça nossa Minicidade de Trânsito Piaget

Projeto Trânsito Consciente

Siga essa ideia

Preocupados com o elevado índice de infrações e acidentes de trânsito, percebemos a necessidade de implantar um programa educativo que pudesse interferir na realidade do complexo sistema de trânsito de nossa cidade. A atuação em prol de um trânsito melhor já havia sido expressa nas instalações físicas, quando o Colégio Piaget foi pioneiro na construção de pistas de embarque e desembarque de alunos e acessos exclusivos para os transportes escolares. Surge, então, no ano de 2002, a ideia do Projeto Trânsito Consciente e criação da Minicidade de Trânsito.

Esse projeto visa conscientizar nossos alunos, pais e, consequentemente, familiares e amigos sobre a importância das regras de trânsito, tanto para os motoristas quanto para os pedestres. A ideia também é a de mudar atitudes para melhorar o trânsito e a qualidade de vida das pessoas. Na proposta curricular, o programa encontra correspondência no desenvolvimento de valores, atitudes, limites e ações de cidadania nas diversas disciplinas.

Trabalhamos a Educação para o Trânsito em aulas ministradas por alunos voluntários às turmas de Educação Infantil ao 5º ano. Também atendemos alunos de escolas da região que agendam aulas conosco.  São recebidos mais de 200 alunos por ano, de mais de 20 escolas, que trabalham em parceria com o Colégio Piaget, com atividades em nossa Minicidade de Trânsito, planejada e estruturada especialmente para esse projeto.

Em dramatizações, músicas, histórias, jogos e vivências com bicicletas e triciclos, e os alunos precisam seguir as regras, obedecendo às placas de sinalização e faixas de segurança e retenção.

Acreditamos que, mais do que tentar “modificar as atitudes” dos motoristas atuais, temos que formar futuros motoristas e pedestres conscientes e capazes de transformar o trânsito, tornando-o mais “seguro” e  “responsável”.